Início » Viver » Mobilidade

PROJETO PILOTO BUS+MOTO

 

Circulação de motociclos e ciclomotores em corredores BUS

Os corredores BUS+MOTO podem constituir uma solução favorável no âmbito do desempenho e gestão do tráfego rodoviário. No entanto, devem ser sujeitos a monitorização e avaliação, nomeadamente dos efeitos na gestão do tráfego e da segurança rodoviária, bem como a procura dos mesmos.

A decisão de permitir a circulação partilhada nas vias de trânsito reservadas à circulação de determinados transportes, nomeadamente públicos (faixas BUS) foi delegada em cada Município, tendo a autarquia de Lisboa com base nesta decisão elaborado a  Proposta nº 121/CML/2016 (1.6 MB). A proposta aprovada em Reunião de Câmara realizada em 23 de março de 2016, selecionou três segmentos da rede viária de Lisboa (2,3 Km) – Corredores BUS, com características diversas (Av. Calouste Gulbenkian, Av. de Berna e Rua Braamcamp) para um projeto-piloto que teve início em dezembro de 2016.

No decurso do projeto piloto e para avaliar a fase experimental foram realizados inquéritos aos utentes dos corredores BUS: motociclistas e motoristas de autocarros e táxis por forma a apurar-se o grau de satisfação e identificar eventuais problemas a resolver na transição para as novas condições de utilização dos corredores BUS.

Concluída a fase experimental, o projeto piloto BUS&MOTO foi alargado a outros corredores BUS através da aprovação, por unanimidade, em reunião de câmara pública de 28 de junho da  Proposta nº 442/CML/2017 (761 KB). Este alargamento considera 93 corredores BUS que passarão a ter circulação de motociclos e ciclomotores.

Notícias

Abr 23, 2018

Inês Medeiros e Fernando Medina debateram Almada e Lisboa

A revista Visão, no âmbito da comemoração do seu 25º aniversário, promoveu no dia 22 de abril, no... saber mais...

Abr 18, 2018

Partilha de carros 100% elétricos chega a Lisboa

Lisboa recebe a partir de hoje, 18 de abril, uma rede de carros 100% elétricos, tornando-se a... saber mais...