Pagina principal

Alameda do Beato

LOCALIZAÇÃO DA ÁREA DE INTERVENÇÃO

Freguesia: BEATO
Bairro: BEATO 


A Alameda do Beato é genericamente circunscrita a norte pela Rua do Beato e a sul pela Rua do Grilo, na sua extremidade sudeste, sendo que na sua outra extremidade a noroeste apresenta um impasse, sem saída viária ou pedonal, apenas a ligação/acesso ao imóvel do Convento do Beato. 

A intervenção abrange todo o espaço público linear e rectilínio da Alameda propriamente dita, conjuntamente com o espaço mais alargado do Largo em forma de triângulo onde esta se inicia, englobando o segmento do seu arruamento principal “Rua do Grilo / Rua do Beato” que com este espaço confronta.

Encontra-se igualmente contemplado nesta intervenção a reabilitação e requalificação da “Travessa da Alameda do Beato”, que se encontra muito degradada, igualmente por se tratar de um arruamento que confina diretamente com a Alameda.

Área aproximada de intervenção: 6.000 m².

 

Participação Pública

Na sequência da aprovação do programa UMA PRAÇA EM CADA BAIRRO, em reunião de Câmara de 28 de Maio de 2014, passou-se para uma recolha de contributos por parte da população mais diretamente ligada aos locais de intervenção.

Com o processo de participação pretendeu-se obter, por parte dos cidadãos, uma avaliação sobre diferentes questões pertinentes na vivência do espaço público, com implicações tanto na concretização do desenho urbano, como na definição de prioridades de requalificação em cada praça, obter igualmente um diagnóstico da situação existente, recolher ideias e sugestões para a zona, apoiar a definição das prioridades de intervenção e integrar nos projetos os resultados em desenvolvimento. 

Desta forma, foram registadas Online participações dos cidadãos para a Alameda do Beato, durante o período de dois meses, janeiro e fevereiro de 2015, através da respetiva plataforma digital de participação da CML.

Decorreu no dia 25 de outubro de 2018, no Hub Criativo do Beato, uma  sessão pública ,organizada pela CML e pela Junta de Freguesia do Beato, para apresentação do projeto Uma Praça em cada Bairro para a Alameda do Beato

Da análise das preocupações e sugestões apresentadas na participação online, salientam-se as seguintes:

 

NA ENVOLVENTE/PROXIMIDADE

Necessidade de melhor ordenamento da circulação e dos estacionamentos na Rua do Grilo;

Escassez de transportes públicos;

Necessidade de mais ligações pedonais sobre a linha de comboio.

CIRCULAÇÃO AUTOMÓVEL

Introduzir medidas no Largo do Beato para a redução da velocidade do tráfego automóvel;

Suprimir o excesso de carros estacionados no espaço público e dar melhores condições para quem circula a pé ou de bicicleta;

Estão “carros estacionados por todo o lado” e não existem zonas de estar;

Redução ou eliminação de carros estacionados na via e eliminação total de carros estacionados nos passeios;

Podia ser uma das praças de referência da zona ribeirinha oriental, mas está transformada num parque de estacionamento.

ESPAÇO PARA ESTAR

Necessidade de espaços para os moradores;

Não há um parque infantil nesta zona, só há na Madre Deus;

Arranjo do chafariz de água no jardim;

É necessário um jardim digno desse nome, com mais espaços verdes e sombra no verão, local para as crianças brincarem e onde uma pessoa possa caminhar um pouco.

OUTRAS SUGESTÕES E QUESTÕES

Espaço central da alameda muito degradado;

Recuperação das fachadas dos edifícios.

Projeto de construção para o enorme buraco que existe ao fundo da Alameda;

Esta zona tem bastante potencial e ganharia bastante se recebesse mais eventos e atividades.

  • Reconfigurar o espaço público a partir da sua memória e identidade original
  • Transformar a Alameda num lugar tranquilo e qualificado, potencial catalisador de um processo de transformação urbana
  • Promover a continuidade e unidade do Espaço da Alameda, desde a Igreja do Convento à Rua do Beato
  • Aumentar o espaço pedonal e de estadia e lazer
  • Regrar as circulações viárias e pedonais existentes minimizando a circulação automóvel
  • Reorganizar o estacionamento e as áreas de cargas e descargas


 

Forças Fraquezas
Convento do Beato, pela sua singularidade arquitetónica e vertente cultural;
Estrutura arbórea da Alameda do Beato;
Centralidade histórica do local;
Vias Histórica de saída de Lisboa;
Excesso de estacionamento automóvel em detrimento de espaço público de lazer;
Edificado devoluto e em mau estado na Alameda do Beato;
Usos no piso térreo desajustados ao local;

Oportunidades Ameaças
Potenciar a utilização do espaço público através da dinamização da programação cultural do Convento do Beato;
Reforçar a centralidade histórica através do aumento de espaços de estar;
Percurso Cultural Caminho do Oriente;



Redução do estacionamento de residentes;
Não reabilitação da estrutura edificada em mau estado de conservação;