Pagina principal
Urbanismo » Espaço Público » Uma Praça em Cada Bairro » Parada do Alto de São João

Parada do Alto de São João

LOCALIZAÇÃO DA ÁREA DE INTERVENÇÃO

Freguesia: PENHA DE FRANÇA

Bairro: LOPES

A área de intervenção da Parada do Alto de São João localiza-se na freguesia da Penha de França e encontra-se inserida na zona Oriental da cidade, integrando uma praça de traçado urbano regular.

Esta Praça serve de elo de ligação á zona ribeirinha através da Av.ª Afonso III, permitindo a entrada na cidade através desse eixo, e por sua vez à estrutura central da cidade, através da Rua Morais Soares.

Ao nível da cidade, também esta centralidade constitui o ponto de afluência natural dos vários bairros em seu redor, uma vez que serve de entrada no cemitério do Alto de São João, motivo pelo qual o seu caráter aglutinador ser tão importante e a sua requalificação tão desejada.

A intervenção é limitada a norte pelo cemitério do Alto de São João, a nascente pela Avª. Afonso III, a sul pela Rua Joseph Piel e Rua Lopes, e a poente pela Rua Morais Soares.

Área de intervenção aproximada: 17.240m2.

Na sequência da aprovação do programa UMA PRAÇA EM CADA BAIRRO, em reunião de Câmara de 28 de maio de 2014, passou-se para uma recolha de contributos por parte da população mais diretamente ligada aos locais de intervenção.

Com o processo de participação pretendeu-se obter, por parte dos cidadãos, uma avaliação sobre diferentes questões pertinentes na vivência do espaço público, com implicações tanto na concretização do desenho urbano, como na definição de prioridades de requalificação em cada praça, obter igualmente um diagnóstico da situação existente, recolher ideias e sugestões para a zona, apoiar a definição das prioridades de intervenção e integrar nos projetos os resultados em desenvolvimento. 

Desta forma, foram registadas Online participações dos cidadãos para a Parada do Alto de São João, durante o meses de março e abril de 2015, através da respetiva plataforma digital de participação da CML.

Decorreu no dia 8 de junho de 2017, nas instalações da Junta de Freguesia da Penha de França no Polo Morais Soares, uma  sessão pública, organizada pela CML e pela Junta de Freguesia, para apresentação do projeto Uma Praça em cada Bairro para a Parada do Alto de São João.

 Apresentação (16.7 MB)

Da análise das preocupações e sugestões apresentadas durante a participação online, salientam-se as seguintes:

ESPAÇO PARA O PEÃO

Alargamento dos passeios, integração de vegetação e aumento dos espaços verdes, fornecendo mais sombras no espaço público;

Melhoria das zonas de convívio (mesas e bancos degradados);

Dado ser uma zona muito ventosa, acautelar ou ter em conta as condições de abrigo nos espaços de estadia.

CIRCULAÇÃO E MOBILIDADE

Foi sugerida a construção de um silo de estacionamento automóvel, desde a Av. Mouzinho de Albuquerque até à cércea dos prédios nºs 8 e 11 da Parada do Alto de S. João, com elevador para interligação entre as pessoas e o comércio da actual freguesia. A construção culminaria com um último piso destinado a jardim interior e esplanada. O silo permitiria ainda acabar com o estacionamento desordenado e em dupla fila no semi-círculo da Parada, que impede muitas vezes as pessoas de utilizar as passadeiras;

Rebaixar os passeios junto às passadeiras e colocar sinalização sonora nos semáforos, para permitir maior segurança aos deficientes visuais.

  • Promover uma ligação pedonal segura entre a Parada e o Cemitério;
  • Potenciar a circulação pedonal circular; garantir o acesso ao Cemitério e faixa restrita, maximizando a pedonalização da entrada;
  • Aumentar a arborização da Parada, reorganizando o estacionamento e maximizando a funcionalidade quer pedonal, quer viária;
  • Promover lugares de permanência e de bem estar para a população;
  • Promover a oferta de equipamentos de utilização coletiva e de permanência do espaço público na Parada com a construção de um parque intergeracional, parque canino e introdução de um quiosque permitindo deste modo uma vivência constante e de qualidade do espaço valorizando-o a bem da comunidade local.

 


Forças Fraquezas

Cemitério do Alto de S. João;

Parque de estacionamento;

Jardim com área verde e mobiliário urbano e frentes de comércio;

Existência de infraestrutura de eléctrico;

Difícil atravessamento pedonal entre o Cemitério e o espaço público;

Estacionamento desordenado e incompatível com o peão;

Excesso de área rodoviária;

Oportunidades Ameaças

Elaboração de estudos viários estruturantes;

Elaboração de estudo de viabilidade para a construção de um parque de estacionamento que permita a reabilitação do espaço público e estabelecer uma ligação pedonal através de elevador e escadas ao Vale de Santo António;

Análise com a Carris sobre a viabilidade de reativar a carreira de elétrico; 

Forte carácter de Parada do Cemitério, impeditivo de outros usos;

Não implementação dos estudos perspetivos em curso;

Desqualificação do comércio de rua;