Pagina principal

Rua de Belém

Freguesia: BELÉM
Bairro: BELÉM
 
Compromissos:

Encontra-se parcialmente abrangida pela área dos Projectos Urbanos Ajuda – Belém e Frente Ribeirinha – Zona Monumental de Belém. É abrangida pela área do Estudo de Estrutura Urbana da Coroa Sudoeste.
 
PDM – Qualificação do Espaço Urbano:
Parcialmente em:
Espaço Verde de Recreio e Produção Consolidado;
Espaço Central e Residencial – Traçado Urbano A Consolidado;
Espaço de Uso Especial de Equipamentos Consolidado.
Muito parcialmente em:
Espaço Central e Residencial – Traçado Urbano C Consolidado;
Espaço Central e Residencial – Traçado Urbano D Consolidado;
 
Possui frentes edificadas integradas na Carta Municipal do Património:
Conjuntos Arquitectónicos (32.34; 32.46; 32.92); 2 Imóveis – edifícios de habitação plurifamiliar (32.47; 32.83); Imóvel e Logradouro – antigo palácio (32.45); 2 Objectos Singulares – Memória do Chão Salgado e Pastelaria Pastéis de Belém (32.33; 32.34A).
 
Direcção Geral do Património Cultural:

Confronta com a frente edificada de Monumento Nacional/Património Mundial – Mosteiro de Santa Maria de Belém/Mosteiro dos Jerónimos e é parcialmente abrangida pela Zona de Protecção ao mesmo;
Confronta com a frente edificada de Monumento Nacional – Palácio Nacional de Belém e todo o conjunto intramuros e é parcialmente abrangida pela Zona de Protecção ao mesmo.
 
O Local
Antiga rua de Belém, ficava junto da praia. Une a Praça Afonso de Albuquerque, com o Palácio de Belém sede do poder politico, ao Largo dos Jerónimos com o Mosteiro “sede” simbólica do poder religioso. Importante pela densidade de estabelecimentos comerciais ligados ao turismo e de restauração, (parece que daqui vem a designação de “mercearia” pelas mercês recebidas pelos veteranos e inválidos de guerra), hoje com elevadíssima frequência de turistas.
A envolvente sofreu importante alteração aquando da Exposição do Mundo Português. População na envolvente de 2 936 habitantes, com uma densidade de 22,6 e uma dimensão média de 2,05.

Intervenção integrada no projeto de espaço público da Área Monumental de Belém;

Aumentar os canais pedonais; interligar os principais polos de atração turística; garantir o funcionamento do interface de transportes; incidir numa primeira fase na rua de Belém e Largo dos Jerónimos;

Aumentar os passeios sempre que possível, virar áreas bem demarcadas para cargas e descargas;

Articular intervenção com Belém Cultural District.

 

 

Forças Fraquezas
Principal artéria comercial da Área Monumental de Belém;
Frente Comercial extensa e dos dois lados da rua;
Importante eixo Carris/Elétrico com paragem no local, estação próxima da CP e barco;
Integra a rede pedonal estruturante;
Via Histórica de saída de Lisboa;
Largura dos passeios reduzida;
Desenho rodoviário ocupa grande parte da rua;
Mobiliário urbano disperso;
Estacionamento Informal;
Oportunidades Ameaças
Belém Cultural District
Melhoria da mobilidade pedonal e organização do espaço público de forma a potenciar as frentes comerciais.
Área de circulação automóvel centrada no eixo BUS.





Oferta do comércio muito centrada na restauração e bancos. Zona mais vocacionada para o turismo que para a circulação viária da comunidade local, de bairro. O não ordenamento do trânsito automóvel e estacionamento dificulta a mobilidade suave.