20 Anos do Oceanário de Lisboa

23, May 2018
  • Oceanário de Lisboa - #seathefuture
    Oceanário de Lisboa - #seathefuture

No dia 22 de maio, quando se completam 20 anos sobre a abertura das portas da Expo'98 e da inauguração do Oceanário de Lisboa, este equipamento - considerado um dos mais notáveis do seu género a nível mundial - apresentou novidades: loja, restaurante e cafetaria, sob o signo do movimento #seathefuture, que também integra um espaço expositivo com esculturas criadas com materiais recolhidos entre o lixo largado ao mar.

Depois do diretor executivo da Fundação Oceano Azul e do Oceanário, João Falcato, e do presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, terem descerrado uma placa assinalando a ocasião, coube ao primeiro explicar a razão das novidades. Para este responsável da Fundação Oceano Azul, criada pela Sociedade Francisco Soares dos Santos no processo de concessão deste equipamento que lhe foi atribuída, trata-se de gerar um movimento de consciencialização para a necessidade de contribuir para a sustentabilidade do planeta, desde logo garantindo a "proteção do mundo marinho através do consumo sustentável e da alteração de comportamentos". Dando o exemplo, João Falcato prometeu que "em três anos 95% dos produtos da loja serão sustentáveis e amigos do ambiente".

Agradecendo a iniciativa ao diretor João Falcato e a José Soares dos Santos, presidente da Fundação Oceano Azul e da Sociedade Francisco Soares dos Santos, o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, evocou os momentos inaugurais da Expo'98: "foi a primeira grande realização do Portugal moderno para se mostrar ao mundo e a si próprio". Para o autarca, grandes peças arquitetónicas então edificadas, como o Pavilhão Multiusos, o Pavilhão de Portugal, o Pavilhão do Conhecimento, o próprio Oceanário e o espaço público do certame mundial e das áreas envolventes constituem um momento inaugural de "uma nova visão da cidade" e cujo sucesso se deve ao facto de haver sido "pensada para o futuro pós-Expo'98".

O Oceanário de Lisboa - um dos melhores e maiores aquários do mundo, com 26 mil animais de 500 espécies diferentes - é um dos espaços mais visitados em Portugal, quer por nacionais quer por estrangeiros, com 1,3 milhões de entradas anuais.