Início » Viver » Ambiente » Parque Florestal de Monsanto » Centro de Interpretação de Monsanto

Centro de Interpretação de Monsanto


 Centro de Interpretação de Monsanto é a porta de entrada para quem deseja conhecer de uma forma mais aprofundada o Parque Florestal de Monsanto, seja explorando as suas características naturais ou utilizando os diversos equipamentos desportivos e culturais. É um espaço polivalente, com oferta diversificada, no âmbito do património natural e cultural. Aqui poderá encontrar duas áreas de exposições, um auditório, centro de recursos, LxCRAS, Espaço Biodiversidade, Fito ETAR, zona de estadia, estacionamentos e parque de merendas.

Também é possível adquirir aqui várias publicações da CML como “Guia do Parque Florestal de Monsanto”, “Guia dos parques, jardins e geomonumentos de Lisboa” ou o recente “Guia do Rio Tejo”.

Equipamentos:

Fito ETAR

A Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) do Parque Florestal de Monsanto, instalada na zona vedada do Centro de Interpretação de Monsanto (CIM) foi projetada para o tratamento dos efluentes domésticos gerados pelos funcionários do CIM e visitantes. Esta fito-ETAR baseia–se num tratamento de efluentes através de plantas. O esquema de tratamento consiste num tratamento preliminar com uma operação de gradagem (remoção dos sólidos de maiores dimensões) e num tratamento primário realizado ao nível de uma fossa séptica tricompartimentada, onde ocorre a sedimentação gravítica de uma fração dos sólidos em suspensão. A fração não sedimentada do efluente segue para a bacia de plantas ou leito Kickuth, onde se dão processos de depuração. Aqui ocorre o tratamento secundário - remoção da poluição essencialmente de origem orgânica - e terciário – remoção de alguns nutrientes. As águas tratadas são encaminhadas para o lago.

Em 1999, após o início do funcionamento da fito-ETAR o Laboratório da Divisão de Ambiente (DA) iniciou um programa de colaboração para controlo da eficiência do processo de tratamento por plantas dos efluentes do parque.

O Laboratório da DA efetua a determinação analítica de parâmetros de importante significado para o controlo deste processo de tratamento, para posterior avaliação de acordo com a legislação em vigor. As análises têm revelado uma qualidade satisfatória das águas tratadas pela fito-ETAR, tendência essa que se tem verificado desde 2005.

Localização: Estrada do Barcal, Monte das Perdizes, junto ao CIM

Espaço Biodiversidade

Espaço Biodiversidade

Dezasseis hectares de floresta vedados à entrada de trânsito, animais domésticos, afluência massiva de pessoas e outras possíveis agressões a um ecossistema protegido que permite um passeio de descoberta de sons, cheiros e cores únicos.

Para conhecer este espaço inscreva-se numa visita guiada em que um conjunto diversificado de informação sobre a história, a geologia, a fauna e a flora do Parque são tema de conversa. Encontra aqui, por entre os diferentes percursos de interpretação possíveis, uma torre de observação da natureza, um lago artificial que recria uma zona húmida com a sua flora e fauna características, sobreiros que nunca foram descortiçados, uma mina de água antiga e ainda equipamentos como a FitoEtar ou um viveiro pedagógico onde pode aprender os segredos de uma floresta, uma horta pedagógica e ainda um  um Centro de Recuperação de Animais Silvestres - LxCras - e muitos outros elementos.

A FitoEtar (Estação de Tratamento das Águas Residuais) trata as águas residuais do Centro de Interpretação de Monsanto através de plantas e demonstra a viabilidade dos processos naturais para a depuração das águas sujas, permitindo a sua devolução à natureza ou utilização para rega, limpezas e outras, com parâmetros de acordo com as normas em vigor neste domínio.

Auditório

Auditório do Espaço Monsanto

O Centro de Interpretação de Monsanto dispõe de um auditório com capacidade para 144 pessoas sentadas onde se realizam, de forma regular, diversas atividades de cariz cultural.

O auditório pode também ser alugado para a realização de todo o tipo de eventos culturais, formação, seminários, conferências, etc, por entidades com e sem fins lucrativos.

Ver mais informações sobre o  auditório (725 KB).